sexta-feira, 15 de outubro de 2010

"Vamos celebrar a estupidez humana..."

             Hoje é dia do Professor. Sou professora e não tenho o que comemorar.
      Às vezes me sobe à garganta uma vontade enorme de gritar ao mundo que eu não deveria estar aqui.
Dizer que não acredito mais na educação e que sou uma farsa, pois não creio mais na mudança do mundo vinda das carteiras escolares.
      Tantos hipócritas se embrenham pela política, e já estiveram nos bancos escolares... O que aprenderam? Gramática? Cálculos? Conseguem juntar letras, palavras e produzir belos discursos, que servem para ludibriar seu povo irmão. 
       E bom caráter? E sensibilidade? E solidariedade? E todos os substantivos que nomeiam as boas atitudes? Não. 
       Assimilaram o que quiseram para si, ou nós, professores, somos incompetentes demais para não conseguirmos passar adiante um pouco de tudo isso? Ou será que não temos tudo isso para transmitir?
       Triste dia, esse!!! Datas comemorativas são carregadas de mentira e desalento para mim.
       Torturante reflexão de novo, pois refletir sobre algo que não se quer, faz o dia pior, principalmente quando esse ato é uma constante nos dias infames de trabalho, no momento em que se pisa uma sala de aula.



"Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais...
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E sequestros..."   
LEGIÃO URBANA (Saudosismo)

Ps: Saudade imensa da época em que ouvíamos músicas que nos faziam pensar.

6 comentários:

  1. Aff, tá revoltada amiga... mas concordo em tudo! Porém, a esperança é única que morre. Não esqueça disso :)

    P.S. Saudade imensa da época em que ouvíamos músicas que nos faziam pensar. [2]

    Excelente post, Roze!

    Não posso deixar de te parabenizar ;)))) Salve a professorinha!!!!

    beijosssss *-*

    ResponderExcluir
  2. rsss
    Valeu, Ju.
    Apesar de tudo, ainda gosto do que faço.

    ResponderExcluir
  3. Ser professor hoje em dia é sinônimo de heroísmo.
    Precisa ter vocação e paixão pelo ensinar.
    As condições oferecidas a esses profissionais, que constantemente fazem uso de suas emoções
    para transmitir aos alunos a essência do que é aprender, nem sempre são favoráveis.
    Questões como a desvalorização da profissão de professor, excesso de alunos em sala de aula,
    salários baixos, desinteresse dos alunos, desmotivação do próprio professor
    e baixo rendimento escolar dos alunos, contribuem para que o ensinar se torne uma missão difícil de ser cumprida.

    PARABÉNS MESTRA!
    Que com tantas dificuldades enfrentadas,ainda assim vc não desiste de transmitir conhecimento.

    BjSempre!

    ResponderExcluir
  4. O material escolar mais barato que existe na praça é o professor.
    >Jô Soares

    ResponderExcluir
  5. Obrigada, Katitaaaa...
    Vc é demais.
    Bj

    ResponderExcluir